quinta-feira, agosto 31, 2006

HORLANDO RIBEIRO


(Laguna S/C)


FESTIVAL CATARINENSE DE BOI-DE-MAMÃO
Centro Histórico – Laguna – SC
O boi-de-mamão foi trazido para estas bandas há mais de 250 anos e conta a história do empregado de uma fazenda cuja mulher grávida desejou comer língua de boi. Ainda hoje, a brincadeira é encenada nas comunidades de Ponta das Pedras e Ribeirão Pequeno. O folclore manifesta-se também na Dança da Ratoeira, no Pau-de-Fitas e nas cantigas do Terno de Reis

PROGRAMAÇÃO
16 às 20:00h - Oficina: Boi-de-Mamão e o Fazer LúdicoLiteratura Oral – Cantorias Ritmos
16:00h - Grupo Folclórico Nativos da CariocaPorto Belo – SC
17:30h - Grupo Folclórico Ponta das PedrasLaguna – SC
18:00h - Grupo do Engenho – Instituto Boi MamãoBombinhas – SC
18:30h- Grupo Folclórico Ribeirão PequenoLaguna – SC
19:30h - Grupo Folclórico São Luís Gonsaga da EncantadaGaropaba – SC
20:30h - Grupo Folclórico Filhos da TerraPalhoça – SC
21:30h - Grupo Folclórico Alevanta Meu BoiPraia dos Ingleses – Florianópolis - SC
2:00h - Apresentação Coletiva dos Grupos A farra do Boi-elétrico com a B. Juízo Final



A brincadeira do Boi existe no folclore brasileiro com diversos nomes: bumba-meu-boi, boi-bumbá, boi-de-reis, boizinho, boi-da-cara-preta, boi-pintadinho, etc. Conta-se que certa vez, em Santa Catarina, com pressa de se fazer uma cabeça para um boi de pano, foi usado um mamão verde, o que levou a denominar-se desde então de boi-de-mamão.
O Boi-de-Mamão é uma das manifestações mais populares do litoral Catarinense, revela em sua manifestação um auto dramático, encenado com alegre coreografia e ao som de uma cantoria contagiante que encanta e envolve crianças e adultos. É uma versão catarinense dos folguedos do bumba-meu-boi tão conhecido no Norte e Nordeste do Brasil.

O Boi-de-Mamão tem um charme: é malhado e, em seu enredo, encontramos Mateus, o vaqueiro, Dona Maricota com nariz de pimentão, grandalhona que só ela, o esperto Macaco Tião, o Feiticeiro Virbulino todo coberto de folhas e outras figuras de animais que, depois do Boi, vêm bailar ao som da cantoria e dos instrumentos (pandeiros, reco-recos, chocalhos e percussão), quase no finalzinho da noite: o Cavalinho, a Cabra ou Cabrinha, por vezes o Urubu, um Urso, o Sapo Cururu e a Jaruva (que bicho é esse?). Mas quem nunca falta, nenhuma vez, nenhum lugar, é a terrível e deglutante Bernúncia (que não comeu Mané João, mas devora tudo que lhe dão).


FIGURANTES e EVOLUÇÃO DO FOLGUEDO




Entre os figurantes do auto temos:

O "vaqueiro", chefe do bando, que é assim denominado no Vargedo, em outros lugares é conhecido como "Chamador", ou ainda por "Mateus". Ele vai sempre a frente, tendo à mão um bordão para chamar o "boizinho".


O elemento principal como o próprio nome indica é o boi, portanto, personagem obrigatório. Consiste em uma armação de madeira, sobre a qual estendem um pano grande, branco ou preto, com remendos da cor, imitando as manchas do couro do boi natural. Sob a armação vai o "brincador" (como o chamam). Ao boizinho dão um nome qualquer: Pintado, Malhado, etc. A não ser na hora em que brinca, o boizinho mantêm-se deitado. Atende só aos chamados do "Chamador", seu patrão. O "brincador" é mudado, de vez em quando, para não cansar.

Encontramos também, com a mesma persistência o "Cavalinho", com exceção da localidade de Lajeado, onde não aparece.
A "Cabra", aparece, tão somente nos autos do Rio das Pedras e de Capivara e Conquista.

A "Bernúncia" é totalmente catarinense e, assim como a Maricota (boneca de 3m de altura), o Cachorro, o Urso-branco,o Urso-preto e o Macaco são figuras obrigatórias no ritual do folguedo popular.
"Palhaços"e "Mascarados" são encontrados nos folguedos de Lajeado. Estes são trajados com roupas velhas, máscaras e bordão. Os mascarados são incumbidos de pedir esmolas aos donos das casas que visitam. Toda a receita arrecadada, muitas vezes, são oferecidas à Igreja local.

O "Doutor", tem funções de benzedor, pois com um galhinho qualquer diz:

"Eu benzo este boi
Com um galhinho de manjericão
O dono da casa
Tem que pagar um patacão!"



Eis algumas letras das cantorias dos trovadores repentistas:

"O meu boi é de mamão!
Coro: É sim, senhor!
Ora bumba, meu boi
Coro: Lá vai o boi!
Ó meu cavalinho

Entra cá prá dentro
Que o dono da casa
Já te deu licença

O meu boi é de mamão! etc...etc..

Ó meu cavalinho
De sela amarela
Não namora as moças
Que elas são donzelas!

O meu boi é de mamão! etc...etc..

Brinca Bernúncia, brinca
Ela brinca bem.
Se não brincar direito
Ela aqui não vem.

O meu boi é de mamão! etc...etc.."



"Eu vou sair pela cidade/Vou usar minha razão/Eu vou mudar esta históriaCom o meu boi de mamão/Vou acabar co’esta tristeza/De ver meu povo chorarEu quero ver muita folia/Quero ver meu boi brincar
É a maricota dançando na rua/Mostrando que a luta não pode pararÉ o jaraguá com a meninada/É o povo unido no mesmo lugarÉ o vaqueiro na peça do boi/Aprendeu com a vida não pode errarOi abram alas minha gente/Que a bernuncia quer passar
Eu vou botá meu boi na rua/Quero ver meu boi brincar.


A brincadeira aborda um tema épico (a morte e ressurreição do boi). Apresenta a pantomima das investidas do boi, a sua morte, a encenação da cura, envolvendo todos os personagens, culminando com a ressurreição do boi.

A “cantoria” acompanha toda a apresentação cantando versos alusivos às figuras e à dramatização. Elas são algumas vezes acompanhadas por uma sanfona (gaita de mão).

O folguedo do Boi-de-mamão é uma das manifestações mais significativas da cultura popular catarinense. Está presente nos municípios do litoral e principalmente em Florianópolis, Capital de Santa Catarina, onde concentra o maior número de grupos.





UM BRASIL DE MUITOS PAÍSES......

Este é o nosso Brasil, terra de "festança" o ano inteiro, de todos os jeitos e para todos os gostos.
É bumba-meu-boi no Norte e no Nordeste. É Boi-de-mamão no litoral de sol e magia Catarinense, que transforma o povo e as ruas em quadros de pura alegria e exaltação da vida.

Entremeado de culturas, o Brasil é terra de muitos países.....

Lugar de transformação contínua, que nos devolveu em seiva e encantos os corpos que lhe confiamos. Aqui se vive, se canta e se encena a miscigenação das raças, no embalo de esperanças animadoras e iluminadas, que são nossas tradições e costumes e que refletem a riqueza da imaginação de nosso povo.



Um Brasil de muitos países....terra de sons mágicos, ritmos de encantamento, de filhos amados e hospitaleiros, de lucilante seduções e magnificente colorido...Oásis para ambiciosos audazes, onde aportaram culturas diferentes e de desconcertante requinte.

Venha, a mesa está posta! Pratos decorados com sedutoras heranças já estão servidos. Sente-se e desfrute deste maravilhoso arsenal de raízes etnicas, aureoladas de glória e saber profundo.

Texto pesquisado e desenvolvido por

ROSANE VOLPATTO

retirado do site
http://www.rosanevolpatto.trd.br/boimamao.htm



(Laguna S/C)
O MAIOR REPRESENTANTE DO BOI DE MAMÃO DE LAGUNA , É UM SENHOR MUITO SIMPÁTICO CHAMADO, ORLANDO RIBEIRO. ELE CANTA VERSOS LINDOS E TAMBÉM AS VEZES MUITO ENGRAÇADOS FALANDO SOBRE O BOI FAMOSO, E TAMBEM SOBRE A CIDADE DE LAGUNA. ANO PASSADO (2005)GRAÇAS AO BOM DESEMPENHO DE ALGUNS MÚSICOS COLEGAS MEU AQUI DE LAGUNA, O SR: ANTÔNIO CARLOS DE SOUZA ( preto) PROPRIETÁRIO DE UM ÓTIMO ESTUDIO MUSICAL AQUI DE LAGUNA, E DO PRÓPRIO ORLANDO RIBEIRO, FOI GRAVADO UM CD COM INÚMERAS MÚSICAS QUE REPRESENTAM COMO UM TODO, NÃO SÓ O BOI DE MAMÃO COMO TAMBEM A CULTURA LAGUNENSE EM SI. NÃO DEIXEM DE BAIXAR E OUVIR ESSE CD QUE FICOU UMA OBRA PRIMA DA MÚSICA AÇORIANA. COM UMA MINÚSCULA PARTICIPAÇÃO MINHA TAMBEM... RSRSRS.
COM VOCÊS ...
HORLANDO RIBEIROUM SONHO REALIZADO
01- FESTA DO DIVINO
02- LAGUNA RAINHA DO MAR
03- MEU SANTO ANTÔNIO DOS ANJOS
04- MEU DOCE RIBEIRÃO
05- CHEGOU O CARNAVAL
06- O BUM BUM DE FORA
07- O TERCEIRO MILÊNIO
08- CAMARÃO E CIRIACO/ É A ALMA DO POVO/LULUZINHA PAZ E AMOR
09- É NO BATUQUE DO TAMBOR/O MUNICÍPIO DE PESCARIA BRAVA/
O HOSPITAL SENHOR DOS PASSOS
10- MEU DOCE RIBEIRÃO(declamando)
11- MEU DOCE RIBEIRÃO( instrumental)

4 comentários:

Anónimo disse...

ei cara, por acaso vc teria algum album de zé manel? se tiver daria para disponibilizar pra mim? denisprint@hotmail.com
obrigado!

Mauricio disse...

Olá, amigo, parabéns pelo blog. Também sou de SC, de Bombinhas. Acredito que haja algo errado com o arquivo no megaupload, pois tentobaixálo e com 1% aparece completo mas não está baixado ainda. Peço, se for possível que mande de novo com um novo link. Grato.
Carlos
ytryy@pop.com.br

Anónimo disse...

Olá Amigo, sou o Sandro Coordenador do Grupo Boi-de-Mamão alevanta Meu Boi, cujo é citado aqui no seu bloog, gostaria de saber se vc tem algum contato deste evento que partipamos ai em sua cidade, se puder me dar uma resposta fico muito grato. Meu e-mail. boidemamao@pop.com.br
fones: 048 - 3269.2496 / 9946.8386.

Orlando José Machado disse...

Parabéns pelo seu blog... É show!
Visite meu blog: http://www.colunaojm.blogspot.com/